14/06/2019

Valor Econômico relata investimentos de estatais estrangeiras em infraestrutura no Brasil

Reportagem publicada nesta sexta-feira, dia 14/06, no caderno “Eu & Fim de Semana” do jornal Valor Econômico relata investimentos da ordem de R$ 120 bilhões no setor de infraestrutura do Brasil por parte de estatais estrangeiras, indicando que a tendência é que esse movimento se intensifique nos próximos anos. O texto destaca a participação da China Communications Construction Company (CCCC) nesse cenário: Um dos maiores grupos de construção no mundo, a chinesa CCCC tem investido na diversificação de seus mercados além da Ásia. Um passo foi a aquisição de uma empresa na Austrália para participar de obras naquele país. Há cerca de três anos, a companhia ingressou no Brasil ao comprar 80% da Concremat, se tornando o primeiro investimento chinês na área. A ideia foi usar o conhecimento da empresa no mercado brasileiro, com foco em obras tocadas por empresas privadas. O objetivo é participar do desenho do projeto à entrega dele. A receita, que no ano passado foi de R$ 550 milhões, deve pular para R$ 900 milhões. As principais obras tocadas são de um terminal portuário no Maranhão, empreendimento sob responsabilidade de sua controladora, e um gasoduto que vai abastecer o Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj).

 

A reportagem traz ainda depoimento do presidente executivo da Concremat, Mauro Viegas Neto: “Com a crise fiscal, não acreditamos em obras públicas, estamos querendo olhar as obras privadas e estamos estudando projetos para atuar em concessões e PPPs. O foco é logística de carga, como porto, pontes e ferrovias, onde o conhecimento do grupo na China é um diferencial. O Brasil atraiu a CCCC pelas oportunidades de investimentos. Além do conhecimento técnico em grandes obras, os chineses aportam outro trunfo: capital. “Ferrovias e portos são projetos com receita atrelada ao câmbio, e o financiamento em dólar passa a ser relevante”.