15/12/2021

Professor Mauro Ribeiro Viegas recebe homenagem da Sociedade dos Engenheiros e Arquitetos do Estado do RJ

A Sociedade dos Engenheiros e Arquitetos do Estado do Rio de Janeiro (Seaerj) promove uma sessão solene hoje, 15 de dezembro, às 18h, para homenagear dois arquitetos com a medalha Affonso Eduardo Reidy. A Seaerj reconhece, anualmente, os profissionais que contribuíram para a excelência e revolucionaram a prática da arquitetura no Brasil. Um dos homenageados de 2021 é o arquiteto, urbanista e professor Mauro Ribeiro Viegas, fundador da Concremat.  

 

A história do professor Mauro Ribeiro Viegas

  

Mauro Ribeiro Viegas é arquiteto e urbanista e foi professor catedrático de materiais de construção e estudos do solo, autor de diversas obras técnicas. Como urbanista, foi incumbido dos parques e jardins da cidade do Rio de Janeiro. Da mesma forma, colaborou na construção de Brasília, onde montou o pioneiro laboratório de análise de construção. Foi também continuador do programa de habitação popular do governo Lacerda e, como presidente da Companhia de Habitação Popular (COHAB) – de responsabilidade dos governos municipais durante a administração de Negrão Lima –, modificou a Cidade de Deus, composta anteriormente por edifícios socialmente mal construídos, transformando-a em pequenos conjuntos habitacionais e núcleos residenciais.  

 

Formado em 1945 pela Faculdade Nacional de Arquitetura, o professor Mauro fundou a Concremat, em 1952, como o primeiro laboratório privado brasileiro de controle sistêmico das estruturas de concreto e de seus materiais. Hoje a Concremat é uma das maiores companhias de Projetos e Consultoria do Brasil  segundo o levantamento “500 Grandes da Construção”, da revista O Empreiteiro. Também ocupa a 30ª posição na lista das 150 empresas mais inovadoras do Brasil, elaborada pelo jornal Valor Econômico. Em 2022, a Concremat completa 70 anos.