28/05/2021

De olho nas Diretrizes de Desenvolvimento Sustentável, Concremat adere ao programa Inova 2030 Dispara

Nesta semana, 80 colaboradores da Concremat iniciaram uma jornada que envolve sustentabilidade e inovação: eles foram selecionados para participar do Inova 2030 Dispara, programa que visa desenvolver jovens intraempreendedores e acelerar projetos de valor compartilhado – aqueles que geram valor para a empresa e a sociedade simultaneamente. Criado pelo Pacto Global, pela Liga de Intraempreendedores e pela Fundação Dom Cabral, o Inova 2030 Dispara é baseado nos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU).

“O programa visa capacitar jovens com habilidades intraempreendedoras para que trabalhem com sustentabilidade e inovação por meio do desenvolvimento de soluções tangíveis para o negócio. A Concremat decidiu aderir a essa iniciativa e selecionou 80 colaboradores entre 18 e 35 anos para participar”, conta Rosemary Vianna, gerente de Recursos Humanos – área à frente da iniciativa.

Ricardo Furtado, gerente técnico da Concremat Ambiental, explica que os 17 ODS foram estabelecidos pela ONU em 2015 e compõem uma agenda mundial para a construção e a implementação de políticas públicas que visam guiar a humanidade até 2030. A agenda contempla um plano de ação internacional para o alcance dos ODS que aborda diversos temas fundamentais para o desenvolvimento humano, em cinco perspectivas: pessoas, planeta, prosperidade, parceria e paz.

“Chamados de ‘inovadores’, os jovens profissionais participantes do Inova Dispara 2030 mergulham no ambiente de inovação e sustentabilidade e aprendem com especialistas e líderes do programa sobre como avançar os ODS, desenvolvendo ideias, produtos e modelos de negócios inovadores.  O programa fomenta o intraempreendedoríssimo dos jovens para o desenvolvimento de projetos que apoiam a estratégia de ESG da empresa e está alinhado com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, transformando desafios socioambientais em oportunidades de negócio. Por meio das oficinas e das ferramentas do programa, os inovadores trabalham em equipe para desenvolver uma solução que enfrente um desafio do negócio e esteja relacionado com uma ou mais metas da Agenda 2030. Os inovadores serão multiplicadores dos conceitos dentro da empresa”, esclarece.

Rosemary Vianna acrescenta que o programa terá duração de quatro meses. “Os participantes terão um curso online de intraempreendedorismo durante seis semanas, com certificado da Fundação Dom Cabral, além de uma série de quatro webinars. Após isso, vem a etapa de elaboração de projetos e, na sequência, a triagem das ideias submetidas, identificando aquelas com maior potencial. A avaliação será realizada por representantes do Pacto Global e da Liga de Intraempreendedores & FDC, que darão aos jovens inovadores o feedback sobre os projetos”, esclarece.

A participação no Inova 2030 Dispara é uma iniciativa apoiada pelo Comitê de Sustentabilidade da Concremat. Clique aqui para saber mais sobre as ODS no Brasil: https://odsbrasil.gov.br