20/08/2018

Concremat sedia primeiro encontro do Comitê de Transporte e Infraestrutura da Associação Brasileira de Empresas Chinesas

No último dia 26 de abril, o escritório da Concremat em São Paulo sediou o primeiro encontro do Comitê de Transporte e Infraestrutura da Associação Brasileira de Empresas Chinesas, reunindo 50 representantes de empresas dos dois países. O grupo, do qual faz parte a China Communications Construction Company (CCCC), foi criado para aproximar representantes de companhias chinesas e mapear oportunidades em infraestrutura.

Em seus discursos, os palestrantes destacaram o aumento da entrada de chineses nesse segmento e os desafios que ainda dificultam os investimentos no setor. “O governo brasileiro precisa ver o setor privado como um parceiro de verdade”, afirmou Chang Yun Bo, presidente do Conselho de Administração da Concremat e da CCCC, na abertura do evento.

O presidente executivo da Concremat, Mauro Neto, ressaltou que a companhia quer ser a ponte de aproximação entre chineses e brasileiros para ocupar gargalos na infraestrutura do país. “Nosso papel é assegurar que os investimentos sejam feitos no prazo e no custo combinado”, disse. O vice-presidente de Desenvolvimento de Negócios e Marketing da Concremat, Eduardo Viegas, abordou a complexidade para a contratação de infraestrutura do Brasil. “O ciclo médio para contratação de concessões é de 5 a 6 anos, altíssimo”, destacou, acrescentando que outros desafios envolvem a análise técnica dos estudos do governo, dificuldades para obter licenciamento ambiental e mão de obra.

O evento teve ainda como palestrante convidado Marcos Pinto, sócio sênior da consultoria Terra Firma, que falou sobre o panorama dos investimentos em infraestrutura de transportes no Brasil.