29/01/2020

Concremat expande atuação no Paraguai

Atuando no Paraguai desde 2016, a Concremat executa hoje no país vizinho um importante contrato de consultoria e supervisão de construção para um grande projeto de saneamento. O Programa de Saneamento Integral da Baía de Assunção e Área Metropolitana é financiado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e tem como objetivo contribuir para a descontaminação da Baía de Assunção e do córrego de San Lorenzo. Outro objetivo da iniciativa é melhorar as condições sanitárias e ambientais da população que vive nas bacias dos córregos urbanos que fluem para a Baía de Assunção e o San Lorenzo, as quais fazem parte da Área Metropolitana de Assunção (AMA). Neste programa, a Concremat faz a supervisão da construção de uma Estação de Tratamento de Águas Residuais, composta por infraestrutura de bombeamento, sistema de rede, remoção de gordura e decatenação, câmara de carregamento e emissário sub fluvial. Essa estação irá tratar 54% das águas que são despejadas no rio Paraguai.

As atribuições da Concremat também incluem a análise e validação dos projetos, supervisão de obras de construção e comissionamento. O cronograma é de 42 meses, com 30 meses de supervisão direta e oito meses de suporte técnico no comissionamento. Esse contrato teve início em abril de 2019. “É importante destacar o apoio social e ambiental da Concremat, que inclui a supervisão das mudanças que beneficiam a população lindeira, prejudicada com inundações constantes e falta de ocupação econômica. O redesenvolvimento local melhorará significativamente a qualidade de vida da população ribeirinha. Isso já está sendo implementado pela construção de residências para realocar a população diretamente afetada pelas obras, com a disponibilidade de importantes dispositivos e ações sociais”, observa Eduardo Safady, coordenador dos contratos.

“Outro desafio encontrado pelo nosso time nas fases iniciais deste contrato foi o de validar um projeto executivo com várias deficiências. Há tempos não existe investimentos em saneamento no Paraguai. Tivemos que formar uma equipe multidisciplinar de ponta, buscando profissionais seniores no Peru, na Argentina, na Bolívia, no Brasil e no próprio Paraguai”, complementa Carlos Jardim, diretor executivo da Unidade Internacional.

Além desse contrato de saneamento, a Concremat tem atualmente mais três contratos de prestação de serviço técnico de supervisão de construção para infraestrutura rodoviária no Paraguai. No primeiro deles, em fase de conclusão, a Concremat desenvolveu a fiscalização de um programa de melhoramentos de infraestruturas de estradas vicinais. Outro engloba a reabilitação de estradas e a recuperação de características estruturais pautada por normas técnicas. O serviço terá duração de 86 meses e deverá ser mobilizado ainda neste mês de janeiro. No terceiro contrato, a Concremat fornecerá suporte técnico à gestão e execução da melhoria das estradas secundárias na Região Leste do Paraguai. Este trabalho durará 36 meses e também terá a mobilização iniciada em janeiro. Os contratos são financiados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), e a Concremat trabalha em consórcio com a Cialpa, uma empresa local, nos dois últimos.