28/10/2021

CONCREMAT SOBE PARA A 30ª POSIÇÃO ENTRE AS 150 EMPRESAS MAIS INOVADORAS DO BRASIL

Pelo quinto ano consecutivo, a Concremat tem destaque na categoria Construção e Engenharia do ranking Valor Inovação Brasil – figurando em 4º lugar na edição 2021 do prêmio. No ranking geral, a Concremat subiu para a 30ª posição – um crescimento expressivo em relação ao ano passado, quando ficou em 71º lugar.

A pesquisa, que está em sua sétima edição e é promovida pelo jornal Valor Econômico e pela consultoria Strategy&, do grupo PwC, avalia as 150 empresas que mais investem em inovação no Brasil. Neste ano, o levantamento contou com o apoio da Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras (Anpei). Além do ranking geral, a análise identifica o grau de inovação das companhias por segmentos de atuação, num total de 23 setores avaliados em 2021. Participam do levantamento apenas companhias com mínimo de 5% de capital privado e receita líquida mínima de R$ 500 milhões.

Neste ano, 226 empresas se inscreveram no levantamento e responderam o questionário elaborado pela organização do ranking. Entre os anos de 2017 e 2021, a nota média das participantes evoluiu 12%, registrando crescimento de 3% ao ano. Na comparação entre 2020 e 2021, o salto foi de 7%.

As análises são norteadas pelo conceito de inovação adotado para a pesquisa, que busca identificar as ideias e iniciativas que criam valor para as empresas por meio de novos produtos, processos, modelos de negócios e serviços. Os 5 critérios utilizados para fazer a avaliação das empresas, baseados nesse conceito, foram intenção estratégica em inovar; o esforço e os recursos alocados; os resultados atingidos; as citações entre as próprias participantes e as patentes publicadas no respectivo ano. As ações em rede, relacionadas à forma como as companhias conectam diferentes negócios aos projetos de inovação, também são consideradas.

Em reportagem publicada na revista especial do ranking, o presidente executivo da Concremat, Mauro Viegas Neto, afirmou que inovação está na própria origem da companhia, fundada há 70 anos por dois professores. “Com a empresa nascia, naquela época, o primeiro laboratório de materiais de construção do país. Até por essa razão, a empresa sempre teve uma cultura de valorização de iniciativas e projetos de inovação”, ressalta.

Mauro destacou que o principal projeto desenvolvido pela empresa atualmente é conhecido internamente como Gerenciamento 4.0. Trata-se de uma plataforma móvel totalmente digital pela qual o administrador consegue gerir a obra em campo por meio de um aplicativo. “Ela já foi implantada em 75 projetos e tem potencial de chegar a 130”, diz.

A plataforma é desenvolvida pela startup Stant, da qual a Concremat adquiriu 30% de participação, em seu primeiro movimento de corporate venture capital – e que abriu as portas para a inovação aberta. A aquisição ocorreu dois anos depois de a plataforma começar a ser adotada pela companhia para o gerenciamento simultâneo de várias obras.

A reportagem destaca ainda que a Concremat historicamente aplica entre 1% e 2% da receita líquida em iniciativas de inovação e que, em 2020, foram R$ 6 milhões para uma receita de R$ 574 milhões.

Clique aqui para ver a análise completa do ranking geral e dos 23 rankings setoriais.

Clique aqui para ver a edição completa da revista – a reportagem sobre o ranking de Construção e Engenharia está na página 122 da publicação.