07/04/2021

Case da Concremat sobre ferramenta que une GIS e BIM é um dos vencedores do prêmio InovaInfra

​​​​​​​Promovido pela revista O Empreiteiro, o prêmio InovaInfra reconhece as melhores iniciativas de inovação realizadas pelas empresas de engenharia e infraestrutura. E a Concremat foi um dos vencedores deste ano com o case sobre a elaboração de uma ferramenta para controle e monitoramento de obras lineares através de visualização espacial (Georreference Information System – GIS), concebida internamente pela equipe de TI com conceitos de BIM.

A tecnologia foi aplicada com sucesso pela Concremat nas obras de uma Linha de Transmissão, gerando um ganho de tempo da ordem de 95% na consolidação de informações sobre o progresso das múltiplas frentes de obra. Arquiteto e urbanista que liderou o desenvolvimento da ferramenta, Leonardo Factori explica que ela integra os dados de projeto e de status de cada trecho da LT com as suas características geométricas.

“A junção do GIS com a metodologia BIM nos possibilita integrar o traçado das obras com informações importantes, possibilitando a visualização total do empreendimento e do status de cada trecho, facilitando a tomada de decisão e possibilitando alterações do ataque em caso de paralisações. Nesse caso em específico, a ferramenta pode auxiliar a encontrar trechos com características geográficas e de concepção parecidas com o trecho paralisado, de forma a melhorar a assertividade da obra”, diz, acrescentando que a ferramenta foi aplicada com sucesso no contrato de uma Linha de Transmissão localizada no Rio Grande do Sul.

A aplicação da ferramenta e de seus novos processos envolvidos proporcionou aos projetos uma melhoria da produtividade para realização dos mapas temáticos, sendo possível atualizar todo o avanço da obra em apenas duas horas, quando a aplicação tradicional requer cerca de uma semana para atualização, além da dedicação total de um profissional Cadista.

“Essa Linha de Transmissão tem extensão total de mais de 800 km, cada trecho tem 45 km e 500 torres, em média. Além da economia de tempo para geração dos dados, outra vantagem da nossa ferramenta em relação ao método tradicional é a assertividade dos dados no mapa, garantindo que as informações contidas estejam próximas à realidade e que o trecho tenha as mesmas características e dimensões do real. Depois dessa primeira aplicação bem-sucedida, a ferramenta vem sendo usada com frequência em outros projetos de Linha de Transmissão e, em breve, será utilizada em contratos de rodovias”, observa Leonardo.

Coordenador de Sistemas Especializados da equipe de TI, Claudio Henrique de Oliveira explica que a Concremat tem um time dedicado a desenvolvimento e customização de ferramentas e softwares para os contratos há cerca de 10 anos. “Dispomos de uma metodologia própria para o desenvolvimento de sistemas específicos para cada contrato. Muitas vezes, são necessidades e problemas para os quais não encontramos produtos ‘de prateleira’, como chamamos os softwares padrão de grandes desenvolvedoras como Oracle e Bentley. Ainda há poucas opções no mercado voltadas para o setor de construção civil, e menos ainda para o nicho de engenharia consultiva, por isso nosso trabalho faz muita diferença nos contratos da Concremat, pois gera um valor tangível para nossos clientes”, ressalta.